Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Viagens’ Category

Caminhante Del Viento II

A crescente acidificação dos oceanos, resultado de maiores níveis de dióxido de carbono na atmosfera é uma terrível ameaça para os recifes de coral. O pH dos oceanos já diminuiu 0,1 unidade desde o início da Revolução Industrial, e essa taxa pode quadruplicar até 2100.

Os esqueletos calcáreos dos recifes são elaborados a partir dos íons carbonato presentes na água do mar. No entanto, a concentração desses íons está relacionada ao pH da água: se o processo de acidificação dos oceanos continuar, essa concentração pode se reduzir à metade até 2100, o que comprometerá a sobrevivência dos corais.

O fenômeno acontece porque o gás carbônico absorvido pela água se transforma em ácido carbônico, tornando a água menos alcalina (o oceano é naturalmente básico, com pH entre 7,5 e 8,5).

Estudos recentes indicam que a acidificação é ruim para outros organismos vitais para os recifes, como algumas algas que, como os corais, secretam carbonato de cálcio.

Recifes de coral representam as mais ricas áreas de biodiversidade nos oceanos. A morte dos corais irá diminuir ainda mais a disponibilidade de pescado e deve provocar a extinção de muitas espécies.

 

 

CAMINANTE DEL VIENTO II

[YouTube=http://www.youtube.com/watch?v=t2zMsPPz-AM]

 

www.salteadoresdaarca.com

 

Read Full Post »

 W

……As regiões planas do interior são essencialmente constituídas por terrenos agrícolas, com excepção de algumas zonas ligeiramente acidentadas, e por grandes áreas de pântanos e lagos. A oeste erguem-se montanhas costeiras que atingem, por vezes, mais de 1 000 m de altitude. Cerca de um terço da população vive em Dublim.

http://europa.eu

 

 W

irlanda.jpg

Read Full Post »

www.salteadoresdaarca.com

Uma sugestão para as suas Férias 🙂 noruega.jpg

www.salteadoresdaarca.com

Read Full Post »

peru.jpgwww.salteadoresdaarca.com

América do Sul é um imenso continente ainda preservado da industrialização.

A Natureza aí é Rainha, e a Humanidade História.

www.salteadoresdaarca.com

Read Full Post »

 www.salteadoresdaarca.com

Um Irão sob outro ponto de vistairao.jpg

Existe um movimento reformista em crescendo nas gerações mais novas.

Também as mulheres no Irão tornam públicas as suas opiniões.

O Irão emerge com uma outra dimensão.

O Futuro daquela região depende dessa mudança.

Para um pluralismo de ideias e de projectos.

O Irão e as suas gentes e paisagens, fazem parte também do Mundo Real.

Do Nosso.

Ficam as imagens 😉

www.salteadoresdaarca.com

Read Full Post »

 A sonda “Ulysses”, uma missão conjunta da NASA e da Agência Espacial Europeia, está condenada a vagar pelo espaço numa odisseia mais longa que a do lendário personagem da mitologia grega.

A “Ulysses” foi posta em órbita a partir da nave espacial “Discovery”, em Outubro de 1990, com a missão de explorar a atmosfera circundante.

Segundo informou esta semana o Laboratório de Propulsão a Jacto “A venerável nave espacial”, que durante esse tempo estudou o sol e a sua influência no espaço circundante, cessará as suas operações nos próximos meses, acrescentou a JPL em comunicado(JPL), a primeira cápsula propulsionada por radioactividade já não resiste ao embate da atmosfera cósmica após 17 anos de funcionamento contínuo.

Entre as descobertas da “Ulysses” inclui-se as primeiras medições directas das partículas de poeira inter-estelar e os átomos de hélio no sistema solar, bem como os detalhes do campo magnético do Sol.

“Os dados e a produção científica desta missão merecem o nome do lendário explorador da mitologia grega”, assinalou Arik Posner, cientista do programa da “Ulysses” na NASA.

Após uma aproximação a Jupiter em 1992, a nave “Ulysses” entrou numa órbita de seis anos em volta do Sol e, à medida que se agora se afasta da estrela do nosso sistema solar, a sua temperatura baixa progressivamente por razões técnicas.

Este abaixamento da temperatura bloqueará as condutas de combustível e tornará impossível manobrar a nave.

Em Janeiro, uma tentativa para restabelecer a comunicação com a “Ulysses” falhou porque, segundo os engenheiros, não foi possível enviar energia para alimentar os instrumentos científicos.

A nave já não consegue enviar grandes quantidades de informação científica e enfrenta a congelação progressiva dos seus condutores de combustível.

Ainda assim, a equipa científica da NASA continuará a utilizar um transmissor alternativo enquanto for possível, durante as próximas semanas. ”

A “Ulysses é um cavalo de batalha. Vamos explorá-lo até à sua última gota de utilidade”, declarou Ed Massey.

.

Read Full Post »

www.salteadoresdaarca.com

 

ilha.jpg

São Tomé e Príncipe é um país em vias de desenvolvimento cuja economia é baseada essencialmente no cacau, no café, na pequena agricultura e na pesca. Situado no Golfo de Guiné, sobre o Equador, a aproximadamente 220 quilómetros da costa ocidental africana, é o segundo estado mas pequeno de África, depois das Ilhas Seicheles.

O Arquipélago, de origem vulcânica, é constituído pelas ilhas de São Tomé com 854 Km² e pela ilha de Príncipe com 136 Km² e ainda por inúmeros ilhéus, com uma superfície total de 1001 Km². Percorrendo as ilhas, no meio de uma vegetação exuberante, entrecortada por numerosos cursos de água e riachos, distinguem-se relevos acidentados de altitudes diferentes. Os mais importantes são: o Pico de S. Tomé com 2024 metros, o Pico Pinheiro, o Pico Calvário, o Pico Cabumbé, o Pico do Príncipe, o Pico Papagaio, e o Pico Cão Grande que constitui uma referência da paisagem local.

www.salteadoresdaarca.com

 

Read Full Post »

Older Posts »