Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 21 de Fevereiro, 2008

 www.salteadoresdaarca.com

constantino.jpg

O Imperador Constantino

O cristianismo nasceu para sustentar o poder totalitário do Imperador Constantino que, por oportunismo, o transformou em religião de Estado, um privilégio cuja nostalgia a ICAR não consegue disfarçar. Constantino deveu a unidade do seu Império ao cristianismo e este recebeu dele o poder que lhe permitiu a expansão e, quantas vezes, a destruição da concorrência. O concílio de Niceia foi convocado pelo próprio Imperador, depois da oportuna conversão, e aí fez aprovar dogmas que ainda hoje a ICAR explora.

Sabe-se que a conversão de Constantino foi uma farsa, pois nunca deixou de invocar o «Invencível Sol». Mas o que é a fé senão uma farsa que, à força de repetida, acaba por se acreditar nela?
Já quanto ao hábito de mandar supliciar e assassinar os seus inimigos políticos, hábito que manteve até à morte, pode ter-se tratado de uma genuína conversão ao cristianismo ou, pelo contrário, de uma prática própria que deixou como herança. De qualquer modo a ICAR, como reconhecimento, canonizou-o. Não foi o primeiro patife e, nos últimos tempos, o bando tem aumentado.

«… À vista destes factos, quais são as obras de Deus? Quais os seus homens? Quem manda ele para nos dirigir e resgatar? Inácio de Loiola, que ensinou à Humanidade a arte de sofrer e ser cadáver; Torquemada, que inaugurou a Inquisição da Espanha, encarcerando, degolando e queimando muitos milhares de cidadãos prestantes; Carlos 9º e Catarina de Médicis, que, em uma noite apenas, cobriram de sangue as ruas de Paris, matando e afogando cegamente o seu povo indefeso;»
«Tomás da Fonseca (Sermões da Montanha ‘extracto’)».

http://www.ateismo.net/diario/2004/10/o-imperador-constantino.php

www.salteadoresdaarca.com 

Anúncios

Read Full Post »

 www.salteadoresdaarca.com

Decorreram as eleições legislativas no Paquistão, se é que se podem apelidar de eleições.
Curioso foi ver a evolução da comunicação social Portuguesa e, no geral,Ocidental: antes das eleições, o tema era a coacção de Musharraf, a falta de condições de liberdade e, até, a denúncia de que já haveria votos do partido do Presidente nas urnas!
Como os resultados apontam para uma vitória do Partido da falecida Benazir, aquelas falcatruas desapareceram por magia!
Fácil de perceber: Musharraf é tido como aliado de Bush; daí que as baterias dos media apontassem para ele. A desbunda é tal que nem repararam que Sharif (o segundo em votos) tem posições próximas do fundamentalismo islâmico; ou melhor, aceitam tudo, desculpam tudo, “compreendem” tudo-mesmo o terrorismo- desde que contra Bush!
A comunicação social do Ocidente está mergulhada na lama da hipocrisia até à raíz dos cabelos!
Benazir representava a visão ocidental da política: direitos civis, pluripartidarismo, separação de poderes; vivia em Inglaterra, onde estuda o filho que, praticamente, nunca esteve no Paquistão.
Por issso, foi assassinada pela Al Qaeda.
No Paquistão, como na maioria dos países muçulmanos, a sociedade tem estrutura tribal, que implica obediência e seguidismo: é este o principal factor eleitoral.Como é que em regiões como o Waziristão, fronteira com o Afeganistão-onde predominam os taliban e estaciona a base de apoio de Bin Laden-pode haver liberdade de voto?
Este, sim, constitui o verdadeiro entrave à democracia no Paquistão; como é óbvio, nem é referenciado pelos media.
Há poucos dias realizaram-se palhaçadas em Cuba em que os cidadãos eleitores votavam os membros da Assembleia Nacional Popular que tinham sido escolhidos pelo Partido Comunista Cubano.Com uma réstea de vergonha, a comunicação social do Ocidente não compareceu em massa: é que teria que denunciar a palhaçada, e isso custava-lhe muito.Preferiu não comparecer e assestar baterias em Musharraf.
O tiro saiu-lhes pela culatra no Paquistão; e as novidades de Havana também são desanimadoras para essa troupe: basta estar atento às reportagens que se referem a Fidel como líder, El Comandante, soldado das ideias e não como realmente é: ditador!
Aproxima-se a hora da liberdade e democracia em Cuba; e, mais uma vez, prestamos homenagem aos heróis presos, bem como aos que foram sumariamente fuzilados:
http://www.payolibre.com/presos.htmSátiro

Read Full Post »

www.salteadoresdaarca.com

Michael Mastromarino, um antigo dentista acusado de ter retirado ilegalmente os órgãos de mais de mil cadáveres.
O arguido e os seus três cúmplices – o dono de uma funerária em Brooklyn, Joseph Nicelli, e dois outros homens – foram acusados em 2006 de roubo de órgãos e de tecidos dos cadáveres, num caso apelidado de “filme de terror série B” pelos investigadores.

O antigo dentista, que tinha uma empresa em Nova Jérsia que vendia tecido celular destinado a enxertos médicos, teria ganho milhões de dólares com a venda de órgãos.

Depois de terem retirado os órgãos, os acusados enchiam os corpos com luvas e batas cirúrgicas que tinham utilizado.

O grupo terá recolhido ossos e órgãos de 1077 cadáveres durante cinco anos, vendendo-os a empresas especializadas em transplantes no mundo inteiro.

Os órgãos não eram analisados e as pessoas que os receberam corriam sérios riscos de infecção.

www.salteadoresdaarca.com

 

Read Full Post »

www.salteadoresdaarca.com

A Guarda Civil Espanhola apela a todo e qualquer cidadão que reconheça a identidade de algumas das pessoas constantes do site abaixo indicado para efectuar a sua denúncia.

Conforme avançou hoje a imprensa espanhola, nas fotografias aparecem vários homens, supostamente oriundos da América do Norte, Europa de Este e América Latina.Apesar do trabalho levado a cabo através da observação de filmes de carácter pedófilo, não foi possível a identificação dos suspeitos por parte dos especialistas, pelo que, apelam a todos os cidadãos que possam eventualmente fornecer quaisquer pistas, que o façam através do correio electrónico para

delitostelematicos@guardiacivil.org.

https://www.gdt.guardiacivil.es/

www.salteadoresdaarca.com

 


Read Full Post »